Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

O que ver e fazer no bairro de Belém, em Lisboa

23 Jul 2017

Lisboa é uma cidade de muitos bairros interessantes, cada um com seu próprio caráter e sabor, e Belém é um desses bairros! Belém está localizada a sudoeste de Lisboa, na foz do rio Tejo, e é o lar de ruas residenciais de luxo e do Palácio de Belem, a casa oficial do presidente português (que é rosa!). 

Belém é um bairro único, que reúne 2 das 7 maravilhas de Portugal: O Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém. Ambas as construções foram erguidas no século XVI, na época dos descobrimentos portugueses.

 

Como chegar? 

O bairro de Belém não tem estação de metro, e o jeito mais simples de ir para lá é pegar o Elétrico 15E na Praça da Figueira ou o autocarro 714. Ambos aceitam o cartão de transporte Lisboa Viva (que você pode adquirir em qualquer estação do metro). O trajeto demora em média 35 minutos, e você poderá saltar nas estações Belém, Mosteiro dos Jerónimos, ou Pedrouços, dependendo de onde você quer iniciar o seu passeio. Caso você esteja em 3 ou 4 pessoas, vale mais a pena pegar um Uber da Baixa até Belém, pois será mais rápido pelo mesmo preço.  


Uma vez que você chega a Belém, saiba que as atrações estão espalhadas pelo bairro, e o passeio pede uma caminhada. Então, use sapatos confortáveis. 

  

 

Como organizar seu roteiro?

 

 

Como já deu para perceber, não falta coisa para fazer em Belém, e tem para todos os gostos! Programar um dia para visitar o bairro é o melhor dos mundos, porque depois você só vai querer sair para jantar e colocar os pés para cima. Mas se você tem tempo reduzido, é possível se manter nas atrações principais, e realizar o passeio em uma manhã ou uma tarde. 

 

 

Dá uma olhada no mapa que montamos para vocês! Considere que o trajeto entre uma atração e outra será feito andando, e que se leva mais ou menos 30 minutos andando direto do MAAT até a Torre de Belém. 

 

 

 

 

O que visitar?

Mosteiro dos Jerónimos

 O Mosteiros dos Jerónimos, situado na Praça do Império, possui um grande valor arquitetónico e histórico, sendo reconhecido como Património Mundial da UNESCO e uma das sete maravilhas de Portugal. A sua construção atravessou e prolongou-se por cem anos de História desde que foi mandado construir pelo rei D. Manuel I em 1495. Aqui você pode visitar os túmulos de Vasco da Gama, grande descobridor português, responsável pela descoberta da rota para a Índia, e Luiz de Camões, escritor português, autor da grade obra literária Os Lusíadas. Dentro do Mosteiro, você poderá visitar também o túmulo de Fernando Pessoa, poeta e escritor português, e Alexandre Herculano, escritor romantista. A entrada é gratuita para a igreja, mas custa €10 para o mosteiro  - €12 no ingresso combinado com a Torre de Belém. 


 

 

Padrão dos Descobrimentos

O Monumento aos Descobrimentos (ou Padrão dos Descobrimentos) é um dos poucos locais tão modernos em Belém, construído em 1960 para celebrar os exploradores que estabeleceram Portugal como potência mundial nos séculos XV e XVI, principalmente a D. Henrique de Avis, um dos propulsores de geração, juntamente com seus irmãos, chamados por Camões em sua grande obra, Os Lusíadas, de Ínclita Geração. O Monumento aos Descobrimentos apresenta estatutos dos exploradores Vasco da Gama, Ferdinand Magellan, Bartolomeu Dias e D. Henrique, o navegador, como estatuto principal.  Você pode subir no monumento para apreciar a vista do Rio Tejo e da ponte 25 de abril, mas a entrada é paga e custa 5 euros. Outro aspecto também interessante é o mapa mundial em frente ao monumento que detalha o poder marítimo mundial de Portugal!

Mais informações: http://www.padraodosdescobrimentos.pt/pt/

 

Centro Cultural Belém

No Centro Cultural de Belém, moderno e animado, dotado de uma arquitetura de beleza extrema, encontramos enumeras atrações culturais distintas. Este é um espaço cultural com uma coleção artística gigante e uma das construções mais recentes de Lisboa para os amantes da Arte e Cultura. Vale a pena sempre conferir a programação vigente. 

Mais informações: https://www.ccb.pt/

 

Museu Nacional dos Coches

Criado por iniciativa da Rainha D. Amélia de Orleãs e Bragança, mulher do rei D. Carlos I, o museu foi inaugurado em 1905, onde se localizava o Picadeiro Real. Após a implantação da Republica a 5 de outubro de 1910, a coleção do museu aumenta com a chegada de um conjunto de coches e berlindas da extinta Casa Real como ainda com viaturas provenientes dos bens da igreja. Feitos em Portugal, Itália, França, Áustria e Espanha, os coches abrangem três séculos e vão dos mais simples aos mais sofisticados. A galeria principal, no estilo Luís XVI, é ocupada por duas filas de coches construídos para a realeza portuguesa. Em 2015, foi inaugurado um novo pavilhão para abrigar o vasto acervo deste museu, unindo a tradição e a modernidade. Vale a pena a visita! A entrada é paga e custa 10 euros.

 

Mais informações: http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/museus-e-monumentos/rede-portuguesa/m/museu-nacional-dos-coches/

 

MAAT 

O MATT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia é o museu mais recente da capital portuguesa, substituindo assim, e alargando, o antigo Museu da Eletricidade. O MAAT é um centro de cultura que apresenta nos seus espaços, o passado, o presente e o futuro das Energias. O conceito subjacente é o de Museu de Ciência de base industrial, onde convivem lado a lado exposições temáticas e experimentais, com grande diversidade de eventos culturais. Ele por si só também é um monumento, com um belo miradouro para o Tejo e uma linda vista para a ponte 25 de abril. 

Mais informações: https://www.maat.pt/

 

Torre de Belém

A Torre de Belém, Património Mundial da UNESCO, datado dos anos 1500, foi construido para ser utilizado tanto como mecanismo de defesa da Foz do Tejo, quanto na entrada cerimonial de Lisboa. Você pode subir a Torre de Belém, mas se for no verão, se prepare para uma longa fila. Se você não possui um cartão turístico de Lisboa, que garante a entrada em diversos monumentos pela cidade, compre o ingresso combinado com seu ingresso para o Mosteiro dos Jerónimos.

Mais informações: http://www.torrebelem.gov.pt/

 

Fábrica de Pastéis de Belém

A Fábrica de Pasteis de Belém é o criador original dessa famosa sobremesa portuguesa, e apenas eles podem ser chamados de pastéis de belém. A receita continua a ser um segredo, mas o que não é a sua  fama dos melhores pastéis do mundo! No seu passeio por Belém, é imprescindível fazer uma paradinha para sentar, tomar um café e degustar um pastel! Melhor não há! Se você quer saber mais sobre essa delícia divina, dá uma olhada nesse outro post: Onde provar os melhores pastéis de nata em Lisboa

E aí?

Estão prontos para o passeio em Belém?

Deixe seu comentário!

 

 

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.