Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

Um dia diferente: voando de executiva no A330 da Avianca

8 May 2017

Nós sempre viajamos na classe sardinha em lata, mas no último ano a sorte sorriu para nós! Já se passava da meia noite de um dia comum de semana quando aqueles maravilhosos alertas de promoção de passagem aérea (ou nesse caso um erro que foi honrado pela Avianca - ponto para ela) soou indicando passagens para Nova York em classe executiva por R$1.000,00. Isso mesmo: MIL REAIS. Acordei a Luísa na hora e falei: Vamos para NY? Ela respondeu: mas já estivemos lá esse ano! Retruquei: Mas é de Business e por mil reais!! Resultado: Não perdemos essa mega oportunidade.

 

Os voos foram os seguintes: 

AV86 - São Paulo - Bogota - A330

AV244 - Bogotá - Nova York - A330

AV21 - Nova York - São Paulo - B787

AV249 - Bogotá - São Paulo - A319

 

Vamos relatar os dois primeiros voos, pois na volta estávamos acabados e não conseguimos quase tirar nenhuma foto! Vamos então as nossas impressões da classe executiva da Avianca?

 

Check-In 

Já tínhamos feito o check-in pela internet para garantir um bom lugar (mania de viajante de classe econômica, né?) - brincadeirinha! Todos os lugares na business são bons, né? Mas, como preferimos ficar na janela, adiantamos essa parte! O boarding pass fica no celular e adianta bastante para evitar ficar carregando vários papéis durante a viagem. Existe uma fila exclusiva no aeroporto de Guarulhos para clientes Star Alliance Gold e passageiros de Business. O processo foi super tranquilo, as atendentes atenciosas e rapidamente estava tudo pronto para aproveitarmos a Sala Vip.

 

 

Sala Vip

Apesar de viajarmos 99% do tempo em classe econômica, sempre damos um jeito de dar uma passadinha em alguma Sala Vip antes. Até o ano passado, o cartão Diners tinha o benefício de Sala Vip grátis nos principais aeroportos do mundo. A anuidade super valia a pena, até que eles a aumentaram para mais de R$500 por ano por cartão e aí não renovamos, pois fazendo as contas, era melhor pagar o ingresso individual quando quiséssemos usar. Voltando ao tópico, em Guarulhos, a Avianca utiliza a Sala Vip da ProAir, que é também destinada aos passageiros da Ethiopian e da Aeroméxico. Como o nosso voo era bem cedinho, aproveitamos para tomar o café da manhã.

O buffet da Sala Vip da ProAir foi bastante simples para aquela hora da manhã, com alguns pães, frios simples e mini sanduíches, além de café, sucos, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Dentre as que já usamos, digamos que essa não se destacou muito.  

 

 

Em Voo

O processo de embarque foi tranquilo para as duas viagens, e a primeira impressão no A330 da Avianca é bem positiva. As poltronas no A330 são dispostas na configuração 2 - 2 - 2 que é perfeita para quem viaja em casal. Já na volta, no 787, a configuração era 1-2-1 e mesmo nessa fileira de 2 lugares você fica meio afastado da outra pessoa, o que pode ser bom para quem procura privacidade.

Ainda em solo, foi nos oferecido um petisco acompanhado de champanhe! Eram 9 da manhã, mas não dispensamos esse mimo. Além disso, recebemos também a necessaire da Avianca, que continha uma máscara de olhos, escova de dentes, meias e tampões de ouvido

O voo para Bogotá durou em torno de 5h30 e foram oferecidas duas refeições, a primeira um café da manhã (outro, né? já tínhamos tomado na Sala Vip) e um sanduíche um pouco menos de 1 hora antes da chegada. Mesmo viajando sempre na econômica, achamos as refeições simples, mas gostosas. Confesso que esperávamos um pouquinho mais!

Lá fora o dia seguiu bonito durante os dois trechos, não pegamos nenhuma turbulência... realmente era um ótimo dia para voar. Durante o voo aproveitamos o serviço de entretenimento da Avianca que continha filmes, séries, jogos, etc... Esse avião não tinha Wi-Fi. 

 

Lá A conexão em Bogotá foi bem tranquila. As bagagens foram direto para NY e não era necessário nenhum processo a não ser uma nova checagem de segurança. Como tínhamos 3 horas de conexão, pudemos aproveitar a Sala Vip da Avianca no Aeroporto de Bogotá. Essa sim valeu a pena! Uma dica - a Avianca tem duas salas Vips - escolha a menor, que fica do lado esquerdo - as comidas são bem melhores.

 

 

No voo de Bogotá para NY os serviços foram semelhantes, recebidos com champanhe e petiscos, mais uma necessaire da Avianca, uma refeição principal e um lanchinho mais perto da chegada. Chique, né?

 

A necessaire da Avianca - ganhamos 4! Em cada voo uma nova! Bem bacaninha, nos serve até hoje!

 

 

O voo de Bogotá para NY transcorreu tranquilamente também, sem turbulências e nem sustos. Foram 5h15 de voo. Nesse trecho aproveitamos para tirar um soninho, pois havíamos acordado super cedo. Nessa hora faz toda a diferença a classe executiva, que no A330, apesar de não ser retinha - como uma cama, é muito confortável. Ela reclina bastante e tem um apoio de pés, então dá para dormir de boa!

Conclusão

 

A avaliação dessa experiência em classe executiva com a Avianca foi super positiva! Foi praticamente um presente! 

 

Somente no último trecho de Bogotá para São Paulo que foi no Airbus A319 é que a experiência da classe executiva não é completa por se tratar de um avião menor e com menos recursos, principalmente de entretenimento. A poltrona também não reclinava por completo, espaço menor, etc... Então, se vocês tiverem a oportunidade prestem atenção em qual avião fará o voo. Se for o A319, A320 e A321 a sua experiência na business pode não ser tão completa.

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.