Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

Como usar o transporte público em Londres

21 Mar 2017

 

Em Londres, o transporte público de massa é bem abrangente e atende satisfatoriamente a maioria da população. São mais de 11 linhas de metrô, percorrendo 402 km pela cidade, além de 52 linhas de ônibus, os famosos Red Buses. Tanto os ônibus quanto as estações do Metrô, o famoso Underground, são bem sinalizadas, e não será complicado você descobrir a linha de ônibus ou o sentido do Metrô que deverá pegar para o seu destino.

 

Metrô: 

O transporte de metrô na cidade é dividido em zonas, de 1 a 9, e que o preço pago pela passagem sempre varia em função de quantas zonas você irá percorrer. Ou seja, é uma dica boa é você sempre dar uma olhada, antes de reservar sua hospedagem, do quanto vai impactar no seu orçamento esses valores de deslocamento, ok? ;)

 

Para usar o metrô, você poderá comprar um bilhete unitário no guichê, que custa 4,90 libras, ou adquirir um Oyster Card, um cartão magnético de transportes, que dá 50% de desconto no preço da tarifa. 

 

Como usar o Oyster Card:

O Oyster card pode ser comprado em qualquer estação do metrô ou de trem, em qualquer guichê. Será cobrado um depósito, reembolsável, de £5,00 pelo cartão e você seleciona o valor que gostaria de depositar logo de inicio para uso durante a sua viagem. Durante a viagem, caso deseje recarregar valores no seu cartão, apenas se dirija a qualquer máquina de carregamentos nas estações e realize seu pagamento em dinheiro ou cartão. 

 

Com o Oyster Card, além das tarifas mais baratas do que com bilhete unitário, e a variação de valores dependendo das zonas que você se desloca, há ainda os valores diferentes dependendo da hora que você usa o metrô. Em Londres, eles cobram tarifas diferentes caso você o utilize em horários de grande locomoção (segunda à sexta, entre 4:30 e 9:30) ou menor locomoção (segunda à sexta de 9h30 às 15h59 e a partir de 19h00, aos sábados domingos e feriados durante todo o dia), e esse valor será debitado diretamente do seu cartão quando você for validar para sair do metrô. Mas atenção: cada pessoa precisa ter seu próprio Oyster Card, ok? Não dá para dividir o cartão. 


Dependendo de quantos dias você fique em Londres, e do quanto vá usar o transporte público (lembre-se que aqueles lindos táxis pretos custam uma pequena fortuna por uma corrida), considere usar o 7 Day Travelcard, tarifa de transporte do Oyster que te dá 7 dias de viagens ilimitadas, mesmo no horário de pico, por £30,40. Vai depender mesmo da sua organização de viagem! ;)

 

Transporte público e crianças: 

Crianças de até 10 anos não pagam passagem em ônibus ou Metrô, desde de que acompanhadas por um adulto, sendo permitido no máximo 4 crianças por adulto. Crianças de 11 a 15 anos andam de graça em trams e ônibus, mas não no Metrô, ok? 

Como pegar o reembolso do seu Oyster Card: 

 

Como falamos, as 5 libras de depósito feitas quando você adquiriu seu Oyster Card poderão ser devolvidas, assim como um credito restante que ficou no seu cartão e você acabou não usando. Basta se dirigir a qualquer estação de metrô da cidade, e solicitar a devolução no guichê. Nós fizemos isso na estação Victoria, antes de pegarmos o trem sentido aeroporto de Heathrow, e não tivemos qualquer problema. Inclusive, foi super rápido. 

 

Caso você já tenha datas para retornar a Londres, e preferir guardar o seu Oyster Card, sem problemas. Os créditos restante no seu cartão não tem validade, ok? Dica boa, né!! 

 

E vocês?

Alguma outra dica boa sobre transporte público em Londres?

Comenta aqui!

 

 

 

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.