Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

15 dicas para superar seu medo de voar

10 Mar 2017

 

É sabido que o medo de voar é dos fatores que mais faz com que as pessoas deixem de viajar para destinos que são longe de suas casas. Eu mesmo que já viajei mais de 25 países mundo a fora sofri desse mal quando comecei a voar e entender melhor como funciona um avião e a segurança que ele proporciona para todos e por isso tive a ideia de escrever esse post com algumas táticas que utilizei e ainda uso ao longo desse tempo todo. As táticas estão dividias por: antes da viagem, no aeroporto e durante o voo. Vamos lá? 

 

Antes da sua viagem

 

1. Saiba o que esperar

 

Entender o básico de como funcionam os aviões podem ser um  caminho para aliviar sua ansiedade. Por exemplo, entender como um avião pode continuar a voar mesmo que um motor deixe de funcionar pode ajudá-lo a sentir-se menos preocupado com um eventual mau funcionamento da aeronave. Procure  entender como avião permanece no ar, o que provoca turbulência, e que está por trás desses sons "assustadores" durante a decolagem e pouso.

 

 

2. Familiarize-se com seu avião

 

Procure saber qual o modelo do avião que fará o voo, veja fotos do seu interior, etc...  Conhecer o modelo de avião que fará sua viagem certamente vai fazer você se sentir mais tranquilo quando for a hora de entrar nele. A imagem precisa ser familiar. Hoje existem aplicativos e sites com o flightradar24.com onde você pode ver exatamente em qual avião vai voar, quando ele foi fabricado, etc...

 

 

3. Escolha um assento no corredor

 

A maioria das companhias aéreas permitirá que você solicite um assento quando você reservar o seu voo. Se você marcar um assento no corredor, especialmente se você está propenso a claustrofobia, você vai se sentir menos cercado por outras pessoas, e você vai ser capaz de se levantar e mover em torno da cabine com mais facilidade, sem incomodar ninguém. Isso também torna mais fácil para evitar olhar para fora da janela se a altura pode deixá-lo nervoso.

 

4. Cuidado com filmes e notícias sobre aviação

 

Isto pode parecer bobagem, mas vale a pena mencionar: Evite filmes de desastres de avião, a cobertura de notícias de acidentes de avião ou outras imagens que sejam assustadoras. Lembre-se que a grande maioria dos vôos chegam com segurança, mas apenas as passagens problemáticas aparecem na mídia e são notícia. Não deixe que a mídia distorça suas impressões sobre a segurança de voar.

 

 

5. Pense positivo

 

Nos dias que antecederam a sua viagem é fácil deixar a ansiedade tomar conta. Em vez disso, tente se concentrar em coisas mais positivas - como todas as coisas divertidas que você vai fazer uma vez que você chegar ao seu destino.

 

No aeroporto

 

1. Não se apresse

 

Permita-se tempo de sobra para chegar ao aeroporto antes do horário que o seu vôo está programado para partir. Ficar preocupado em perder o voo, correr para o portão, etc... só vai aumentar à sua ansiedade.

 

 

2. Não se deixe levar pelo tempo lá fora

 

Muitas pessoas ficam mais receosas para voar quando o tempo está fechado, chovendo, nevando e mais tranquilas quando o clima está quente e o céu aberto. A aviões foram feitos para voar em qualquer tipo de tempo e os pilotos recebem uma previsão do tempo que vai se atualizando ao longo do voo para que sejam evitadas áreas um pouco mais desconfortáveis para o voo em si. Caso não seja seguro por algum motivo, o avião não decolará. Fique tranquilo e não se deixe levar por isso! 

 

 

3. Se possível, tente uma ida a Sala Vip

 

A maioria dos aeroportos e cias aéreas têm as chamadas salas vip, que são um oásis de luxo longe da agitação do resto do aeroporto. Normalmente eles estão reservados para passageiros da classe executivo ou membros gold ou elite dos programas de fidelidade, mas muitas vezes você pode comprar uma entrada de um dia por cerca de 20, 30 dólares ou equivalente em euro - que pode ser um preço pequeno a pagar por um lugar calmante para relaxar e se preparar para o vôo. No aeroporto de Lisboa essa tranquilidade a mais vai te custar +25 euros. Considere!

 

 

 

No avião

 

1. Conheça a tripulação

 

Se houver tempo antes do vôo,  você pode pedir para conhecer a cabine do piloto do avião. Alternativamente, depois da decolagem, pode passar algum tempo conversando com uma aeromoça. Muitas vezes, conversando com as pessoas que possuem a sua segurança em suas mãos, pode fazer o ambiente mais agradável e favorável, além de assegurar-lhe que a tripulação é experiente e competente. Andar um pouco pela cabine, principalmente em voos mais longos, pode ajudar bastante. No entanto, fique atento ao aviso de apertar os cintos de segurança!

 

2. Sintonize

 

Traga sua diversão favorita abastecida, um livro e/ou um telefone ou tablet cheio de músicas e filmes podem ajudá-lo a se distrair enquanto o tempo passa. Vale também ver se a companhia disponibiliza Wi-Fi a bordo. Em alguns casos vale bastante a pena, como a Emirates que cobra 1 dólar por 500mb.

 

 

3. Lembre-se de quem está no comando

 

Muitas pessoas se sentem incomodadas por sua aparente falta de controle, uma vez que não têm qualquer influência sobre a segurança ou o desempenho da aeronave. Tentar recuperar um pouco de controle, lembrando-se de que você tomou a decisão de voar, e que você pode decidir como responder à experiência.

 

4. Respire

 

Como a ansiedade aumenta, a respiração pode ficar mais curta e desconfortável, enquanto a respiração profunda é mais relaxadora. Respire lenta e profundamente e faça uma contagem de 5 ou 10, principalmente nos momentos em que você estiver mais tenso, como no caso de uma turbulência.

 

5. Ter uma bebida

 

Muitas pessoas recorrem ao álcool para acalmar seus nervos. Use com moderação e tenha em mente que o álcool não deve ser combinado com medicamentos anti-ansiedade. Lembre-se também que os efeitos do álcool em altitude elevada são potencializados, por isso realmente não abuse! Além disso, o álcool pode contribuir para a desidratação, particularmente em ambientes secos, como a cabine de um avião, então não esqueça de tomar bastante água também!

 

 

6. Saídas de Ar

 

Ligue as saídas de ar acima de sua cabeça, logo que você entrar a bordo; o fluxo de ar vai ajudá-lo a se sentir menos claustrofóbico,

 

 

 

7. Turbulência

 

Uma turbulência por mais severa que seja não vai derrubar o seu avião. Além disso, os pilotos tem em sua frente um radar com a previsão do tempo ao longo do caminho, logo procuram fazer os desvios necessários para evitar o desconforto. Lembre-se dessa palavra, desconforto! É no máximo isso que uma turbulência gera!

 

 

E aí, você tem algum receio de voar? Quais são duas táticas? Conta pra gente!

 

Obs. As dicas e táticas acima são resultantes da minha experiência como viajante e não tem qualquer cunho científico e/ou médico. Para casos mais específicos sempre é bom  consultar um especialista. 

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.