Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

Tudo que você precisa saber sobre aluguel de carro para sua viagem

7 Mar 2017

 

Alugar um carro no exterior pode ser um desafio para muitas pessoas, que deixam de aproveitar essa experiência e muitas vezes a economia gerada por medo da burocracia, por achar que deve ser muito caro, etc... Por isso fizemos esse mini guia para ajudar vocês a alugarem um carro no exterior com muito mais segurança e economia.

 

 

1. Antecedência

 

As nossas últimas experiências nos indicaram que para esse mercado a antecedência não é essencial. É claro que todos gostamos de nos programarmos com algum tempo antes da viagem, mas os melhores negócios que fizemos foi na base da reserva last minute.

 

Por exemplo:

Nos EUA alugamos uma SUV por $15 a diária!

Na França outra SUV por 30 euros e em Portugal um carro econômico por 8 euros a diária – isso mesmo, 8!

 

Para não ter surpresas é bom que você combine a antecedência da sua reserva com a próxima dica.

Luísa aprontando nos EUA 

 

2. Verifique os preços com frequência

 

Assim como quando você busca voos para verificar os preços frequentemente (e como eles mudam, né?), você também deve fazer isso com os principais sites de reservas de carro. Você pode buscar nos sites das próprias cias, como as gigantes Avis, Alamo, Europcar, Budget, etc... e também usar um site consolidador, como o Kayak, que pesquisa todas as principais empresas de aluguel de automóveis de uma só vez e é bastante rápido.

 

A grande sacada aqui é que, em comparação com os voos, que muitas vezes não podem ser cancelados ou tem taxas altíssimas para isso, a reserva de um carro é muitas vezes cancelada sem taxas, e na maioria dos casos nem é preciso colocar o número do seu cartão de crédito durante o processo de reserva.

 

Portanto, se você reservar com antecedência e sem penalidades de cancelamento ainda sim pode continuar pesquisando até o dia que irá precisar do carro para ver se tem um preço melhor. Em Montevidéu inclusive achamos um preço de aluguel mais barato na própria loja da Avis que a nossa reserva pela internet. Cancelamos na hora a reserva e pagamos um bem mais conta na hora!

 A Chevrolet Spin alugada em Montevidéu, no balcão saiu bem mais barato que a reserva da internet

 

3. Ajuste os horários de retirada e devolução do veículo

 

É muito importante que você tente ajustar o horário de retirada e devolução do veiculo para a mesma hora. Muitas vezes as empresas cobram valores adicionais bem elevados por pequenas diferenças de horário. 

 

 

4. Reserve o menor veículo que você precisa

 

Pense cuidadosamente sobre o tipo de veículo que você precisa. Claro que pode ser tentador alugar uma SUV ou um carro esportivo bacana, mas sempre acho que o consumo de combustível e os aspectos práticos do seu carro vão influenciar nos seus custos totais.

 

Ser confortável é importante para que você aproveite sua viagem. Não alugue um carro pequeno e barato se você estiver com muitas pessoas e malas, vai ser muito apertado!

 

Reserve o veículo de classe mais baixa e que te atenda confortavelmente, pois as chances são boas de ganhar um upgrade gratuito no balcão, já aconteceu conosco várias vezes! Lembre-se que normalmente, quanto maior o carro, maior o custo de combustível. Na Europa recomenda-se muito a reserva de um carro a diesel (eles chamam de gasóleo ou gasoil lá), pois além de ser mais econômico é o preço do combustível é menor.

 

 Dirigindo em Portugal - carro econômico alugado por 8 euros

 

5. Evite retirar o carro no aeroporto

 

Locais fora do aeroporto são tipicamente mais baratos do que lojas de aeroporto. Procure agências em locais vizinhos ao seu hotel para economizar dinheiro. Fique atento apenas aos horários de funcionamento da loja, que costumam ser mais restritos.

 

6. Tenha cuidado com as taxas de cancelamento

 

A maioria das agências tem planos sem taxa de cancelamento para que você possa aproveitar as dicas 1 e 2, mas convém ficar ligado na hora da reserva.

 

 

7. Verifique se há opções de quilometragem ilimitada

 

Certifique-se de que seu aluguel inclui a opção de quilometragem ilimitada, pois a última coisa que você quer se preocupar é pagar taxas por quilômetros adicionais, não é?

A SUV alugada por 15 dólares pela Alamo em Detroit, US.

 

8. Verifique as opções de política de combustível

 

Algumas empresas de aluguel de automóveis exigem que você devolva o carro com a mesma quantidade de combustível que tinha no tanque quando fez a retirada. Outros tem uma política de combustível onde você, o locatário, pode devolver o tanque vazio, o que normalmente não vale a pena, pois os combustíveis nos postos das cidades costumam ser mais baratos.

 

Nunca deixe de encher o tanque se você não aderiu a um plano de combustível pré-pago, pois normalmente as companhias cobram muuuuito mais caro pelo litro.

 

Importante: Na maioria das cidades que alugamos um carro no exterior, os abastecimentos de combustível nos postos devem ser feitos pelo próprio motorista, pois não há aquela figura do frentista, mas fique tranquilo, não é um processo difícil e se você tiver dúvidas, pode ir até a lojinha perguntar como é o processo e pedir alguma ajuda.

 

9. Requisitos de idade

 

Na maioria dos locais, a idade mínima de aluguel é de 21 anos. Taxas adicionais podem ser aplicadas com determinadas empresas de aluguer de automóveis para motoristas com idade inferior a 25 anos ou mais de 65 anos, pelo "risco" maior para a cia.

 

Se você ainda não tiver mais de 25 anos, mas está viajando com um companheiro que tem, é melhor que ele seja o condutor do veículo.

 

10. Taxa de motorista adicional

 

Caso mais de uma pessoa vá dirigir o veiculo, normalmente as cias cobram Taxas extras. Importante: Você DEVE adicionar o nome do motorista adicional ao contrato para fazer qualquer reivindicação de seguro posteriormente.

 

11. Recusar o GPS (sistema de navegação)

 

Se o sistema de navegação do carro for um extra, pule-o e use o app de Google Maps ou Waze em seu telefone para economizar de $10 a $15 por o dia. Já usamos o Waze em várias cidades do mundo sem nenhum problema.

 

 Dirigindo no Norte da França, o crossover da Nissan já contava com sistema de navegação

 

12. Economizar em Seguros

 

Normalmente os cartões Visa e Mastercard Platinum e Black possuem o seguro chamado de CDW que compreende todas as coberturas para roubo, acidente, etc, quando você paga o valor total do aluguel com ele.

 

No balcão da cia os atendentes vão sempre tentar oferecer os seguros, alguns até dizem que o do cartão não cobre todos os danos para que você aceite o deles, mas basta agradecer e dizer que não quer educadamente, se eles insistirem. Normalmente os seguros cobrados pelas companhias encarecem demais o preço final do aluguel do carro, então não pague por uma coisa que você já tem.

 

Importantíssimo: Para ficar totalmente tranquilo, entre em contato com a Visa ou a Mastercard, confirme se o seu cartão está elegível a esse benefício e os limites de garantia do seguro, pois pode ser que para os carros mais caros não haja cobertura.

 

13. Veja as parcerias dos seus cartões de crédito, empresa, etc...

 

Várias emissoras de cartões de crédito e algumas empresas tem cupons de desconto que você pode utilizar para reduzir o valor do aluguel. Consulte sempre os links de promoção de cada companhia.

 

14. Inspecione seu carro quando pegar e antes de ir embora

 

Faça uma inspeção completa de seu carro alugado antes de sair do estacionamento. Se você encontrar algum dano, você deverá preencher a documentação (obter uma cópia) e tirar fotos com o telefone para que você tenha um carimbo de data e hora.

 

15. Carteira de Motorista

 

Uma dúvida muito comum é: Preciso de uma carteira de habilitação internacional? A resposta é depende. Já alugamos carros em várias cidades dos EUA, na Europa (Portugal e França) e na Ásia (Tailândia) e nunca nos pediram tal documento. Já lemos que na África do Sul a CNH internacional é requerida, então, vale consultar a cia para saber da exigência antes da sua viagem.

 

 Norte da França

 

Bônus: Como pesquisar carros baratos

 

A maneira mais rápida de comparar empresas de aluguel é usar um site agregador,  que pesquisa todas as principais cia de aluguel de carros de uma só vez e verifica qual fornecedor oferece os melhores preços para as datas e locais escolhidos.

 

Na nossa última viagem, usamos o site do Kayak (versão de Portugal – www.kayak.pt) e constatamos que ele apresentava preços muito mais em conta que os próprios sites das cias, se acessados diretamente. Apenas o procedimento de pesquisa foi pelo Kayak e ao escolher a cia e o modelo de carro fui direcionado para o site da Avis para completar a reserva. Para vocês terem uma ideia, o custo era 50% mais barato pelo link do Kayak que da Avis. Não foi preciso inserir qualquer informação de cartão de crédito durante o processo.

 

Então, a dica é sempre utilizar esse tipo de site “consolidador”, como o Kayak (preferencialmente a versão local do site do país que você vai) e checar os sites das companhias de aluguel de carro para ver a diferença. Além disso, opte sempre por reservar sem inserir dados de cartão e com taxas de cancelamento gratuitas, assim você pode continuar sua pesquisa e conseguir um preço mais em conta.

 

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.