Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

Boa notícia: Hospedagem na Argentina ficará 21% mais barata para os brasileiros!

28 Sep 2016

A hospedagem de estrangeiros na Argentina ficará 21% mais barata. Para conseguir ter direito à devolução do Imposto sobre Valor Agregado (IVA, o correspondente ao ICMS brasileiro), regulação assinada ontem, 27/09, pelo presidente Mauricio Macri, será preciso pagar com cartão de débito ou crédito emitido fora do país. O governo estima que a implementação do sistema dure dois meses.

 

 

 

Segundo a Casa Rosada, estão incluídas no benefício as compras feitas por meio de agências de viagens. Uma das metas é desestimular o alojamento ilegal. A emissora do cartão fica encarregada de concretizar a devolução.

 

Para escolher seu Hotel na Argentina e aproveitar essa redução de impostos, super recomendamos a pesquisa pelo Trivago, a ferramenta é gratuita e você vai poder escolher o melhor site para reservar o seu hotel!

(Clique na foto abaixo e pesquise já!

 

Ampliação
 

A regulamentação para a devolução do imposto existia no país desde 2001 para bens, mas não havia sido feita para hotelaria, embora estivesse prevista na mesma lei. Chile, Uruguai, Peru, Equador e Colômbia são países que já adotam sistemas parecidos.

 

 

Mais turistas!

 

A recente valorização do real aumentou o poder aquisitivo dos brasileiros na Argentina. No mercado negro, um real compra 4,65 pesos, valor semelhante ao do câmbio oficial (4,5 pesos). Até a chegada de Macri ao poder, a cotação oficial estava controlada, o que fazia a diferença entre o câmbio oficial e o paralelo ser muito grande, o que inviabilizava, por exemplo, pagamentos no cartão de crédito

 

Nos primeiro semestre, o número de turistas estrangeiros que visitaram a Argentina registrou queda de 4% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

O governo argentino pretende atrair 120 mil turistas a mais no primeiro ano da nova disposição.

 

Nossas dicas de Buenos Aires e Patagônia Argentina

 

Fizemos dois super post recheados de dicas para você aproveitar a Argentina com essa super economia na hospedagem, clica no link e dá uma olhada:

 

1) 5 experiências para curtir Buenos Aires sem pressa

 

2) El Calafate - Patagônia Argentina 

 

 

 

 

Agora só falta a Argentina diminuir os preços das taxas aeroportuárias para melhor ainda, né?

 

 

**Com informações da Exame e do Estado de São Paulo.

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.