Blog de viagens escrito por Luísa e Marcelo Colombo. Roteiros de viagem, planejamento e notícias para inspirar e facilitar a viagem dos seus sonhos. 

Caso tenha dúvidas sobre como viajar, queira trabalhar em conjunto, ou simplesmente para dar um Olá, nos mande um e-mail. 

     

faleconosco@dizquefuiporai.com

Livros que retratam cidades incríveis

23 May 2016

Eu não sei viajar sem um livro na mala (ou atualmente, um ou dois livros no Ipad! Coisas da vida moderna!), e pensando bem, acho que nunca tive essa experiência. Quando vou me preparar para viajar, sempre lembro daquelas horas esperando um trem, ou daquele voo super longo em que você precisa se distrair, e do quanto vou precisar de um livro bacana para somar às minhas férias. 

 

Mas hoje eu vim escrever um pouco do contrário. Vim fazer um Top 5 de livros que te fazem sentir exatamente no local onde se passam, e te dão a sensação de realmente conhecer as cidades. Essa lista foi criteriosamente escolhida, e eu já li todos os livros, então garanto a leitura! :) 

 

Depois de lê-los, você estará a um clique de marcar sua próxima viagem! 

 

Veja abaixo 5 livros que retratam com maestria as cidades em suas narrativas: 

 

1. Equador - Miguel Sousa Tavares

(São Tomé e Príncipe)

 

 

Sinopse: No começo do século XX, Luis Bernardo Valença, conhecido intelectual português, é convidado pelo rei d. Carlos a executar uma missão descabida e complicada, que implicará numa abrupta mudança de sua vida. Aceitar o convite do rei significa abandonar tudo por uma vida nova, na qual, entretanto, poderia colocar em prática suas convicções políticas: contribuir para a efetiva abolição da escravatura na África, assumindo o papel de governador de São Tomé e Príncipe. Luis Bernardo decide aceitar a missão proposta e é então jogado em uma realidade completamente alheia. Percebe que só a sua inteligência não será suficiente para dar conta do que o espera na ilha de São Tomé e Príncipe, onde chegam apenas dois barcos por mês e a população desconhece os direitos humanos já há muito tempo em voga na Europa.

 

 

 

 

2. O tempo entre as costuras - Maria Duenas (Espanha e Marrocos)

 

Sira Quiroga é a encantadora costureira que, um dia,  se apaixona loucamente e parte de Madri para o romântico Marrocos, meses antes da Guerra Civil Espanhola (1936-1939), para ter sua inocência triturada pelos caminhos da vida. Porém, se transforma uma vez mais para mergulhar, durante a Segunda Guerra Mundial, em um novo mundo, agora repleto de espiões, impostores e fugitivos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3. Rio das Flores - Miguel Sousa Tavares

(Portugal e Brasil)

 

 

A narrativa, que conta a história de três gerações da família Ribera Flores, se inicia em 1915 com a primeira República portuguesa e os embates com os monarquistas, percorrendo os principais acontecimentos políticos, sociais e culturais que marcaram Portugal, Espanha, Alemanha e o Brasil até o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945.
Filhos do monarquista e grande proprietário de terras alentejano Manuel Custódio, Diogo e Pedro protagonizam pólos opostos no seio familiar, mas que são reflexo dos acontecimentos externos. O primeiro, intelectual e absolutamente contrário aos totalitarismos, quer a mudança e decide deixar a mulher, as terras do clã e o Portugal salazarista para começar vida nova ao lado de uma mulata numa fazenda no Vale do Paraíba, no Brasil, em pleno Estado Novo. Pedro, no entanto, quer assegurar a permanência de sua posição de latifundiário.

 

 

 

 

4. Anjos e Demônios - Dan Brown

(Itália)

 

 

Antes de decifrar 'O Código Da Vinci', Robert Langdon, o famoso professor de simbologia de Harvard, vive sua primeira aventura em 'Anjos e Demônios', quando tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano. Às vésperas do conclave que vai eleger o novo Papa, Langdon é chamado às pressas para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado em um grande centro de pesquisas na Suíça. Ele descobre indícios de algo inimaginável: a assinatura macabra no corpo da vítima - um ambigrama que pode ser lido tanto de cabeça para cima quanto de cabeça para baixo - é dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há quatrocentos anos. A antiga sociedade ressurgiu disposta a levar a cabo a lendária vingança contra a Igreja Católica, seu inimigo mais odiado. De posse de uma nova arma devastadora, roubada do centro de pesquisas, ela ameaça explodir a Cidade do Vaticano e matar os quatro cardeais mais cotados para a sucessão papal. Correndo contra o tempo, Langdon voa para Roma junto com Vittoria Vetra, uma bela cientista italiana. Numa caçada frenética por criptas, igrejas e catedrais, os dois desvendam enigmas e seguem uma trilha que pode levar ao covil dos Illuminati - um refúgio secreto onde está a única esperança de salvação da Igreja nesta guerra entre ciência e religião. 

 

 

5. Sua Resposta Vale um Bilhão - Vikas Swarup (Índia)

 

Ram Mohammad Thomas está na cadeia. Ganhou um bilhão de rupias, o maior prêmio já pago na história da televisão, por ter respondido corretamente a doze perguntas num programa de perguntas e respostas. Mas como é possível que um garçom de dezoito anos que não fez sequer o curso primário saiba qual é o menor planeta do sistema solar e quem inventou o revólver? Sem dúvida houve fraude. Ou não? Para provar que não, o rapaz terá de contar a história de sua vida, curta porém muito movimentada: uma fascinante viagem pela Índia contemporânea, terra onde todos os extremos se tocam e quase tudo é possível.

 

 

 

 

 

 

 

E você? Quer adicionar algum outro livro na lista?

 

Fala pra gente! 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

+Histórias
Please reload

Nossas Categorias
Please reload

inscreva-se na nossa newsletter

Não quer perder nenhuma dica? Então inscreva-se na nossa newsletter!

Ah, nós também odiamos spam.